5 eventos corporativos e acadêmicos para atrair jovens na empresa

Promover eventos corporativos e acadêmicos é um fator diferencial para atrair jovens profissionais interessados em sua empresa. Afinal, este seleto grupo de talentos agrega ao negócio uma visão atualizada e criativa de mercado.

Para tanto, existem inúmeras possibilidades que transformam qualquer tipo de ação em uma experiência única. No caso de um novo funcionário jovem e intercambista, as vantagens são ainda mais expressivas.

Além de trazer renome para a marca, a contratação desse perfil representa o aprendizado e a mistura de culturas no método de trabalho atual. Para alcançar bons resultados em sua programação, é preciso conhecer o que atrai cada tipo de público.

Quer saber mais sobre o assunto? Mostramos, neste artigo, 5 dicas de eventos corporativos interessantes para os jovens. Acompanhe: 

1. Fórum e debate de ideias

O debate é um formato que torna o evento mais descontraído e incentiva a participação das pessoas. Ao selecionar assuntos que são de grande interesse dos jovens, você pode coletar muitas opiniões de uma só vez.

Destaque ganchos motivacionais para impulsionar uma reflexão que costuma aumentar a atividade da plateia. Quanto maior o engajamento, melhor será o resultado da discussão para a empresa. 

Por se tratar de uma reunião menos técnica, normalmente os convidados do fórum estão diretamente envolvidos com o tema debatido. Selecione um moderador que conheça profundamente o conteúdo para organizar os grupos e impedir tumultos. Assim, todos podem se expressar de maneira eficiente e coordenar os trabalhos apresentados.

É essencial escolher um assunto abrangente, que gere opiniões profundas, críticas e sugestões. Durante a ação, são organizados diversos grupos, que se posicionam por meio de um representante. Esse tipo de evento é extremamente interessante por proporcionar o envolvimento do time e, ainda, mostrar diversos pontos de vista, com temáticas relacionadas à empresa.

2. Mesa redonda com diferentes opiniões

O objetivo dessa reunião é debater diferentes pontos de vista relacionados a um tema de interesse geral, muitas vezes polêmico. Normalmente, o debate estimula a formação de um consenso ou a reflexão sobre um determinado assunto que ainda não tem uma posição definida.

Prepare um coordenador para conduzir a ação de forma organizada e democrática diante dos participantes. Sua função é garantir que a discussão não fuja do tema principal em nenhum momento. Para incentivar o público presente a refletir sobre os assuntos levantados, são escolhidos renomados especialistas como os principais integrantes do debate.

Assim, cada um apresenta sua opinião com um tempo limitado de argumentação. Uma boa forma de engajar o público presente é abrir rodadas de perguntas para os profissionais ou entre os próprios membros da plateia.

3. Workshop e temas específicos

O evento traz uma discussão considerada mais profunda por quem participa. Por isso, torna-se o momento ideal para abordar questões extremamente relacionadas à área de atuação de sua empresa.

O formato se assemelha a um treinamento e traz uma série de casos práticos para facilitar o entendimento dos participantes. Cada estilo de conversa deve ser direcionado conforme as características de linguagem utilizadas pela temática escolhida.

O processo se desenvolve em três etapas, com um grande envolvimento do público. Você pode escolher dois expositores e um moderador para garantir que a programação seja cumprida de forma eficiente.

A primeira parte é composta pela explicação prática dos temas, a segunda trata de uma discussão em grupos e a terceira fica completamente com a conclusão. Veja outras opções de atividades corporativas: 

  • jornada: o evento consiste em um seminário com três ou mais dias de duração. Pode-se criar uma experiência temática com os participantes, incentivando o engajamento com a empresa; 
  • simpósio: com vertente mais técnica, costuma apresentar discussões sobre novos assuntos. Diferentemente do que acontece na mesa-redonda, o tema é colocado em debate apenas entre público e expositores, sem nenhum tipo de conversa entre os profissionais convidados; 
  • encontro acadêmico ou corporativo: pessoas da mesma categoria profissional se reúnem em um evento para discutir temas atuais e agregadores para o segmento. O intuito é extrair pontos de vista inovadores que ajudem a direcionar conclusões sobre o assunto; 
  • congresso: trata-se de uma reunião de especialistas de uma área de conhecimento. Geralmente, a programação é formada pela apresentação de pesquisas e estudos ligados ao tema principal. 

4. Palestras rápidas com novidades 

Utilize este formato para mostrar novidades do segmento de maneira sucinta. Normalmente, apenas um especialista fala sobre determinado assunto e o engajamento da plateia ocorre por meio de perguntas que formam um debate com o palestrante. Um dos principais benefícios do evento é possibilitar a exposição de ideias, a abertura para a diversidade e conteúdos com o intuito de proporcionar o aprendizado.

O formato é bastante comum para aumentar a produtividade de equipes corporativas ou divulgar os serviços de uma empresa com base em um tema principal. Se o assunto for assessoria jurídica, por exemplo, monte uma apresentação com um especialista, abordando as principais dúvidas relacionadas ao Direito Virtual.

Pode-se, ao final, oferecer atividades interativas para os participantes, como um coffee break com distribuição de cerveja, mesas de pebolim e uma área para troca de contatos e comentários sobre os acontecimentos do evento. Essa estratégia costuma atrair os jovens por incentivar o aprendizado e, ao mesmo tempo, proporcionar um momento de relaxamento. 

5. Cursos com experiências diferenciadas 

Os jovens profissionais estão cada vez mais ligados à movimentação do mundo digital. Por isso, uma boa alternativa é investir em figuras importantes das redes sociais como expositores. Basta encontrar uma temática da área que esteja relacionada aos assuntos abordados pela empresa. Certamente, o nome convidado será uma boa atração para o público e, ainda, dará uma visão moderna ao negócio. 

Promova um curso com experiências diferenciadas. O foco é ensinar a fazer algo, como uma espécie de treinamento. Habitualmente, o objetivo é trabalhar a teoria, mas a prática também deve ser abordada em determinados momentos do cronograma. Para fugir do comum, convide vários ministradores que costumam animar ainda mais os participantes. 

Agora você já sabe como promover eventos corporativos e acadêmicos destinados aos jovens, não é mesmo? Lembre-se de que a inovação é o principal atrativo para o segmento. Por isso, invista em tecnologias diferenciadas a cada ação realizada. Assim, é possível reforçar o posicionamento da empresa no mercado e despertar a curiosidade dos profissionais.

Gostou do conteúdo de hoje? Tem alguma experiência para compartilhar? Deixe um comentário!

Youthspeak: os benefícios de ouvir o jovem

O YouthSpeak

Se você ainda não conhece o YouthSpeak da AIESEC, chegou o momento de conhecer. A iniciativa, que se desdobra em três partes, é toda voltada para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis da ONU. Além disso, é uma ótima oportunidade de realizar uma conversa entre sua empresa e os jovens sobre os principais problemas do mundo.

Tudo começa com a YouthSpeak Survey, uma grande pesquisa que levanta dados sobre o que os jovens pensam a cerca de diversos temas como: saúde, educação, liderança, sustentabilidade, desigualdade, entre outros. O segundo passo é o YouthSpeak Forum, evento realizado para discutir e gerar soluções a partir dos temas considerados mais relevantes na Survey. Por fim, temos o YouthSpeak Project, que é uma solução encontrada, por um determinado grupo presente no Forum, acerca de um dos temas discutidos naquela edição. O projeto selecionado é aplicado na AIESEC e financiado por parceiros.

O que aconteceu na edição mais recente

Na Forum que aconteceu no dia 13/07, os debates ficaram em torno dos assuntos: saúde e bem-estar, educação de qualidade e redução das desigualdades. Durante o acontecimento, foram realizadas palestras, principalmente de representantes das empresas parceiras sobre o que elas fazem em seus negócios para trabalhar com cada tema apresentado.

Enquanto ocorria a vivência do evento, os participantes tiveram a oportunidade de cruzar ideias e desenvolver projetos em grupo. O YouthSpeak de 2016 contou com parceiros como Globo, Raízen, Kroton, Votorantim Cimentos, Itaú, Brasil Júnior, No Clima e vários outros.

O YouthSpeak Project vencedor da vez foi o “Build the Future”, relacionado a parte de educação. A ideia dele é trazer voluntários de outros países para trabalhar em ONGs, escolas públicas e cursos preparatórios dando suporte vocacional para jovens de classe C e D, onde esses estrangeiros estimulariam o autoconhecimento na hora de escolher as oportunidades profissionais.

Vantagens de ser um parceiro

Participe do YouthSpeak, você só tem a ganhar!

Acesso à pesquisa:

Os dados da pesquisa Survey podem ajudar na tomada de algumas decisões na empresa, como estratégia de novos projetos e serviços para o público jovem e até no perfil de funcionários para recrutamento. O governo ainda não conseguiu realizar uma pesquisa desse porte e sendo parceiro do YouthSpeak você tem acesso a todas essas informações.

Relacionamento com o jovem:

A iniciativa quebra a barreira do relacionamento unilateral entre as empresas e os jovens. Eles podem ser escutados e as empresas também falam e tudo acontece como se fosse uma conversa. Então, a empresa pode tirar sugestões, aprendizados e conhecer novos talentos e o jovem mostrar para o que veio.

Quer saber ainda mais sobre o YouthSpeak? Clique AQUI

YouthSpeak: conheça suas principais frentes

Unir uma geração de jovens líderes que não tem medo de falar e agir sobre coisas que importam é o objetivo do YouthSpeak, iniciativa global da AIESEC, que hoje provem aos principais tomadores de decisão, a opinião da juventude sobre os principais problemas do mundo. E essa iniciativa é dividida em três principais frentes: Survey, Fórum e Projeto.

YouthSpeak Survey

Iniciada pela primeira vez em 2012, com o objetivo de escutar o jovem acerca do mercado de trabalho e educação, a pesquisa contou com a participação de 778 brasileiros até o final de 2014. Em 2015, com a mudança dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, a pesquisa foi reformulada para que fosse possível ouvir o jovem de forma mais abrangente, sobre o que ele pensa, o que o incomoda no mundo, quais seus valores e hoje contamos com a participação de mais de 10.700 jovens brasileiros. Para saber mais sobre os dados coletados, você pode conferir a preliminar da YouthSpeak Survey aqui.

YouthSpeak Forum

Para criar um momento propício para discussão e definição de ações, criou-se o YouthSpeak Forum, onde personalidades, empresas, instituições e os jovens estarão reunidos para trocar ideias e se aprofundarem nas principais temáticas retiradas da pesquisa. O primeiro fórum que aconteceu no Brasil, em dezembro de 2015, os principais temas discutidos foram Educação de Qualidade, Igualdade de Gênero e Trabalho Decente e Crescimento Econômico – que são os Objetivos 4, 5 e 8 do Desenvolvimento Sustentável da ONU. Para o próximo Fórum, que acontecerá em Julho de 2016, os temas a serem discutidos serão Saúde e Bem estar, Educação de Qualidade e Redução das desigualdades – Objetivos 3,4 e 10 do Desenvolvimento Sustentável da ONU.

YouthSpeak Project

Durante a realização do I Brazil YouthSpeak Forum, definiu-se a realização de um projeto voltando para o Objetivo Global 8: Trabalho Decente e Crescimento Econômico.
Com apoio da FALCONI e Kraft-Heinz e realização da AIESEC na Fundação Getúlio Vargas, o projeto receberá 20 intercambistas que trabalharão em 4 empresas diferentes voltados para a área de recursos humanos. A ideia é entender sobre a cultura organizacional nessas empresas e confirmar que ambientes saudáveis de trabalho formam pessoas mais engajadas e que atingem melhores resultados, como consequência, a empresa cresce e cria novas oportunidades para o mercado.
É a criação e execução de projetos assim que movem o YouthSpeak a escutar milhares de jovens por todo mundo, para que seja possível agir sobre as coisas que importam e dar força a um movimento de transformação da nossa realidade através da liderança jovem.
processo seletivo para jovens talentos