Contratação de estrangeiros em startups: por que você precisa deles?

Muitos empreendedores buscam internacionalizar sua marca por meio da formação de equipes multiculturais. O recrutamento de profissionais mais qualificados vindos de outros países e com uma nova cultura naturalmente facilitará o processo de escala para mercados estrangeiros.

Para explicar melhor, neste post falaremos sobre as vantagens de diversificar o capital humano e como proceder para fazer a contratação de estrangeiros em startups. Acompanhe o texto e fique por dentro!

Quais os benefícios operacionais na contratação de estrangeiros em startups?

O empreendedor médio brasileiro, em sua maioria, não possui formação e capacitação técnica que se equipare aos profissionais americanos ou europeus. Isso porque o empreendedorismo no Brasil ainda é recente em relação a esses mercados internacionais.

Investir na contratação de profissionais estrangeiros para sua startup traz o benefício da melhor capacitação técnica. Mercados de países mais evoluídos exigem que o profissional esteja melhor preparado. Por essa razão, encontramos especialistas com vasto conhecimento e experiência em outras culturas.

Aproveitar essa “bagagem” de conhecimento pode ser muito engrandecedor para sua startup!

E os benefícios culturais ao diversificar o capital humano?

As tarefas do cotidiano realizadas de maneira automática acabam por limitar a nossa busca por novos conceitos e aprendizados. Uma boa maneira de evitar que essa acomodação aconteça na sua empresa é estimular o convívio entre pessoas de diferentes culturas.

A diversificação do capital humano pode trazer novos questionamentos e ter um papel transformador na rotina de sua startup. Isso porque a inserção de novos membros vindos de outros países e com novos costumes tende a gerar reflexões sobre os conceitos e práticas que estamos acostumados a lidar diariamente.

Existem muitas startups brasileiras investindo em equipes multiculturais?

Infelizmente, a resposta para essa pergunta é “não”! A boa notícia é que, enquanto equipes híbridas — formadas por empreendedores brasileiros e estrangeiros — não são maioria em terras tupiniquins, as startups que se lançarem à frente nesse modelo têm tudo para conseguir melhor preparo técnico e cultural em relação a possíveis concorrentes!

Como fazer a internacionalização de profissionais estrangeiros para sua startup?

Para fazer contratação de estrangeiros para sua startup o empreendedor deve levar em consideração que tanto o empregado quanto o empregador devem observar algumas regras impostas pela legislação.

Veja abaixo o que você deve fazer para não errar na contratação de profissionais de outro país:

  1. Fique atento ao artigo 352 da CLT, que estabelece que as empresas devem empregar, no mínimo, 2/3 de brasileiros. Exemplo: se sua startup precisa de 9 funcionários, pelo menos seis precisam ser brasileiros.
  2. Justifique ao Ministério do Trabalho a NECESSIDADE da contratação de mão de obra estrangeira. Isso ocorre porque a legislação brasileira estabelece que a preferência precisa ser dada a empregados locais.
  3. Assine o contrato de trabalho antes da prestação de serviço iniciar, depois encaminhe o instrumento ao consulado para requisição do visto para trabalho.
  4. O empregado estrangeiro deverá apresentar toda a documentação exigida pelo consulado de seu país de origem no Brasil.
  5. Faça o requerimento de autorização pela internet junto ao Ministério do Trabalho e Emprego por meio da Coordenação Geral de Imigração.

Todo processo leva em torno de 45 dias. Após deferimento do pedido, o trabalhador estrangeiro deverá apresentar alguns documentos — que variam de acordo com cada consulado — para retirar seu visto.

Por fim, é importante destacar que o estrangeiro gozará de todos os direitos que o trabalhador brasileiro possui. E que o contrato de trabalho será temporário inicialmente, uma vez que o visto também é temporário. Na eventualidade de o estrangeiro requisitar o visto permanente, a contratação poderá se dar por prazo indeterminado.

Como a grande maioria das startups, certamente a sua também busca inovação. Tenha em mente que esse processo acontece de dentro para fora, então invista na diversidade cultural do seu time e fique melhor preparado para os desafios de um novo mercado!

Para não errar na contratação de estrangeiros em startups, entre em contato com a Aiesec e tenha total apoio para a internacionalização e recrutamento de profissionais com o melhor perfil para sua equipe!