Entenda como evitar processos trabalhistas

Para ter um negócio de sucesso, é necessário que o empreendedor pense à frente, se antevendo aos problemas. Entre os mais recorrentes estão os processos trabalhistas. Como a carga tributária no Brasil é muito alta, muitos empregadores acabam contratando funcionários sem devida formalidade para evitar o pagamento de mais impostos.

O problema é que esse tipo de comportamento causa muitos problemas e uma grande dor de cabeça. Para não correr o risco de ter um empregado entrando com uma ação judicial contra a sua empresa, veja as dicas que preparamos para que você evite esse tipo de situação!

Cumpra o que está na lei

Uma das melhores formas de evitar um processo trabalhista é, simplesmente, cumprindo a lei. Na Consolidação das Leis do Trabalho, mais conhecida como CLT, é possível identificar todas as normas que devem ser seguidas na hora de contratar um funcionário.

E fique sempre atento a isso porque as leis no nosso país mudam constantemente. Por exemplo, já temos uma mudança sobre a questão da terceirização do trabalhador. Caso você não tenha como despender tempo para isso, contrate alguém que faça por você.

Trate os subordinados com respeito

Ser respeitado e mostrar a sua autoridade dentro do ambiente de trabalho não significa que você precise tratar mal as pessoas. Todos os funcionários merecem ser tratados de forma digna como qualquer outro ser humano. A lógica é simples: trate as pessoas como você gostaria de ser tratado.

Formas humilhantes, perseguição e ridicularização para com o empregado dentro do ambiente laboral pode causar sérios problemas com a justiça. Ele pode ingressar com uma ação de assédio moral contra a sua empresa.

Demita sem deixar ressentimentos

Uma demissão mal feita pode trazer consequências ruins para a empresa. O funcionário, munido de um sentimento de vingança por conta do que foi falado no momento da demissão, pode querer revidar entrando com um processo na justiça do trabalho. Um mínimo detalhe pode ser motivo para que isso aconteça.

Portanto, na hora de demitir, converse, argumente, mostre para o funcionário de forma clara os motivos pelos quais está fazendo isso. Escute o que ele tem a dizer, afinal de contas, para ele é um momento de grande preocupação.

Cuidado com as brincadeiras

Muitas vezes, pelo contato diário com uma pessoa, acabamos nos afeiçoando e criando uma certa liberdade. As brincadeiras entre colegas de trabalho são bem comuns e ajudam a criar maiores laços dentro da empresa, porém, é preciso ter equilíbrio.

Tente sempre manter um certo limite, afinal de contas, ele não é seu amigo e sim o seu funcionário. Você pode exagerar e cometer alguma gafe, expondo a pessoa ao ridículo perante os colegas. Caso ele sinta-se ofendido, isso pode gerar um processo na justiça e você pode ser penalizado pelas palavras ditas de forma errada e no momento errado.

Mantenha o contrato de trabalho compatível

Precisa mudar um funcionário de função? Para isso deve ser realizado um acordo entre as partes e se o funcionário aceitar a mudança, então o contrato também deve ser modificado. Ele deve receber a remuneração compatível com o novo cargo e todo o material que precisará para exercê-lo.

Tem mais alguma dica sobre como evitar processos trabalhistas? Então compartilhe-as comentando aqui!

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *