Millennials: como administrar a geração Y na empresa?

Trabalhar no dia a dia de uma empresa hoje envolve alguns desafios. Além de ter que lidar com mercados cada vez mais competitivos, diversificados e segmentados, internamente as organizações também encontram diferenças geracionais significativas, que alteram sua gestão administrativa.

As características da geração Y, ou millennials, estão entre esses desafios. Mas como administrá-los? Qual a melhor estratégia de gestão desses talentos? Confira no post que preparamos!

O que as pessoas acham que os millennials são

Há muitos mitos e supostas características sobre essa geração. Segundo muitas pessoas, os millennials podem ser considerados pouco profissionais, mais dispersos no ambiente de trabalho e costumam não fixar suas raízes em um mesmo lugar ou empresa.

Para muitos empreendedores, isso é também sinônimo de empregados desleais, com maior rebeldia em relação às carreiras e ambições que não correspondem à efetiva dedicação que eles têm ao trabalho.

O que eles realmente são

No entanto, não é só dessas características que vivem os millennials. Assim como é possível perceber alguns traços geracionais negativos, existem também diversas vantagens em relação a esses jovens. Por exemplo, são pessoas mais dinâmicas, que prezam por funções multitarefa no ambiente de trabalho.

Isso é ótimo para uma empresa que quer empregados mais conectados e inovadores. Além disso, eles querem um senso de propósito nas atividades que realizam, para ter efetivo engajamento, lealdade e “vestir a camisa” da empresa. Assim, o trabalho acaba virando sinônimo de satisfação pessoal.

Como administrar millennials em sua empresa

Quais as melhores dicas para administrar esse tipo de talento em sua empresa? Veja:

Trabalhar em grupo

Isso ajuda a manter o engajamento e adequar o ambiente de trabalho ao dinamismo desses empregados. É dessa estratégia que surgem as ideias inovadoras.

Use e abuse da tecnologia

Essa geração já nasceu conectada e usa a tecnologia como suporte para toda e qualquer atividade. Aproveite para otimizar a produtividade e inovar por meio de ferramentas tecnológicas no dia a dia da empresa.

Dê feedback constante

feedback é uma forma de assegurar a esses empregados de que seu trabalho tem rendido bons frutos e que há espaço para crescimento na empresa. É preciso engajá-los em relação ao futuro do empreendimento e líderes admirados pelos millennials sabem como colocar isso em prática.

Encontre o que os motiva

As formas de motivar essa nova geração são cada vez mais diversas. Em vez de um bônus único ao final do ano, pense em mais estratégias de motivação e valorização individual, como concursos internos, progressão de carreira, reconhecimento público de méritos, entre outras coisas.

Ofereça maior flexibilidade

Home office, maior tolerância quanto à roupa e estilo no ambiente de trabalho, metas que não sufocam seus funcionários, banco de horas são apenas alguns exemplos de flexibilização do ambiente de trabalho.

O objetivo é sempre o de atender às características geracionais desses talentos, que buscam maior qualidade de vida para então apresentar alta performance no trabalho.

O valor do Youthspeak para as organizações

Você já conhece o Youthspeak? Essa é uma pesquisa realizada pela AIESEC com o objetivo de gerar insights sobre questões cotidianas envolvendo jovens e ambientes organizacionais.

É uma forma de subsidiar ações e estratégias em empresas e ambientes sociais por meio de informações importantes acerca de desafios e crenças que envolvem essa nova geração. Essa pesquisa pode te ajudar a gerenciar a geração Y em sua empresa!

E sua empresa, como tem lidado com os millennials? Aproveite para entrar em contato com a AIESEC e conferir nossos processos de recrutamento de talentos!

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *