Tipos de recrutamento: escolha o melhor para a sua empresa

Escolher entre os diferentes tipos de recrutamento é, certamente, algo desafiador. Com os altos custos decorrentes da contratação e do treinamento de um colaborador nas competências e habilidades necessárias para realizar um bom trabalho, cometer um erro nessa área pode prejudicar substancialmente a empresa.

A fim de evitar falhas, concentre-se em duas possibilidades principais de recrutamento: o interno e o externo. Na prática, existem vantagens em ambas as formas. Neste post, abordamos alguns elementos a serem considerados para que você escolha o tipo que mais se adéqua às características e necessidades específicas de sua organização.

Continue a leitura, fique de olho nos tipos de recrutamento e escolha o melhor para sua empresa! Vamos lá?

Recrutamento interno

Uma estratégia interna de recrutamento é caracterizada pela promoção de atuais colaboradores, designando-os para funções hierarquicamente mais elevadas na empresa.

Muitas organizações utilizam ferramentas como o envio de e-mails, folhetos e postagens de intranet, entre outras, para informar os funcionários existentes sobre a disponibilidade de vagas.

Além disso, o recrutamento interno pode ser interessante para a organização que deseja cobrir rapidamente determinadas funções críticas ou criar uma política de promoção permanente.

Recrutamento externo

A estratégia oposta, qual seja, a do recrutamento externo, envolve a procura sistemática, por parte do departamento de recursos humanos, por bons candidatos à contratação que estejam fora de seu próprio pool de colaboradores.

Nesse caso, é comum a utilização de anúncios em jornais, sites de pesquisa de empregos, feiras profissionais e referências pessoais. Algumas recorrem, até mesmo, a agências para preencher posições que exigem poucos conhecimentos específicos e/ou técnicos.

É usual, também, a contratação de consultores para ajudar no processo de seleção, a fim de garantir que apenas os profissionais mais capacitados sejam recrutados.

Vantagens do recrutamento interno

O recrutamento interno apresenta algumas vantagens “naturais”. Ele elimina a necessidade de “reinventar a roda”, pois o recrutado já é um colaborador. Sendo assim, ele provavelmente entende bem o modelo comercial, a cultura corporativa e os processos da empresa antes de assumir o novo cargo.

Como resultado, ele tende a se adaptar à posição mais rapidamente do que alguém que é recrutado externamente — e que exige mais tempo para ser encontrado, treinado e preparado para o trabalho. Sem mencionar o risco sempre presente de, após tudo isso, o externo ainda não se adaptar completamente.

Não se esqueça de que, do ponto de vista dos colaboradores atuais, a oportunidade de avançar na carreira proporciona uma forte motivação.

Vantagens do recrutamento externo

O recrutamento externo, por sua vez, também possui algumas vantagens substanciais. Diferentemente do tipo interno, sua empresa receberá ideias novas de um colaborador que ainda não foi exposto aos seus processos e fluxos de trabalho.

Esse funcionário tende a trazer informações ou metodologias de seu antigo empregador e que, se forem consistentes, podem até ser integradas às suas melhores práticas.

Entre os tipos de recrutamento, o externo possui melhores condições de levar estabilidade às equipes, mantendo-as intactas e unidas, uma vez que nenhum colega de trabalho se torna, de uma hora para a outra, um superior hierárquico.

Gostou do nosso artigo? Qual tipo de recrutamento você aplica em sua empresa? Deixe um comentário no post e divida conosco sua experiência!

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *